Dia Nacional do Livro: Conheçam um pouco sobre a história da Biblioteca Nacional

Dia Nacional do Livro: Conheçam um pouco  sobre a história da Biblioteca Nacional

Dia Nacional do Livro: Conheçam um pouco sobre a história da Biblioteca Nacional

galician-literature-day-spain

   O dia nacional do livro é comemorado em 29 de outubro em homenagem à fundação da Biblioteca Nacional em 1810, ano em que a Real Biblioteca Portuguesa foi transferida para o Brasil, após a chegada de toda a família real e da corte portuguesa no país. A sua visita ao público, só foi franqueada em 1814. Após proclamada a independência no Brasil, a aquisição da Biblioteca Real pelo Brasil foi regulada pela Convenção Adicional ao Tratado de Paz e Amizade celebrado entre o Brasil e Portugal, em 29 de agosto de 1825. Em 1990, passaram a constituir a Fundação Biblioteca Nacional (FBN) que hoje é composta por um Escritório de Direitos Autorais para registro e averbação de direitos de autor e também da Agência Nacional do ISBN (International Standard Book Number), que coordena e incentiva o uso do sistema internacional de numeração de livros e atribui códigos às editoras e às publicações nacionais para efeito de divulgação e comercialização.
Além disso, a fundação é a única beneficiária da Lei de Depósito Legal (Lei 10.994 de 14 de dezembro de 2004), que dispõe sobre a remessa de obras à Biblioteca Nacional, com o principal objetivo de assegurar o registro e a guarda da produção intelectual nacional, possibilitando o controle, a elaboração e a divulgação da Bibliografia Brasileira corrente, bem como a defesa e a preservação da língua e da cultura nacionais, o que a torna guardiã da memória gráfica brasileira. Sob a natureza de Fundação, a Biblioteca Nacional coordena os três dos mais importantes alicerces da cultura brasileira: biblioteca, livro e leitura, das quais fazem parte o Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas e a política de incentivo à leitura através do Proler.

Conheçam a Biblioteca Nacional:

Biblioteca Nacional - frente

FBN sala

Para a manutenção de seu acervo, a FBN desenvolve dois planos: o primeiro é o Plano Nacional de Restauração de Obras Raras, que possui laboratórios de restauração e conservação de papel, com as mais modernas técnicas, a fim de identificar e recuperar obras raras existentes, não só na Biblioteca Nacional, como em outras bibliotecas e acervos bibliográficos do país. O segundo é o Plano Nacional de Microfilmagem de Periódicos Brasileiros, que possui uma oficina de encadernação e centro de microfilmagem, fotografia e digitalização com vistas à preservação de toda produção jornalística.

biblioteca-nacional - interior

BNB entrada principal

A FBN lançou ainda o portal institucional na internet, que permite o acesso de seus usuários aos catálogos em linha. Com a criação da Biblioteca Nacional Digital em 2006, todas as suas coleções foram digitalizadas com o acesso de suas obras e serviços via internet. A Biblioteca Nacional é considerada pela UNESCO uma das dez maiores bibliotecas nacionais do mundo e é também a maior biblioteca da América Latina.

Biblioteca_nacional_- vista area

Sua sede fica situada na Avenida Rio Branco, número 219, no Centro do Rio de Janeiro.  Saiba mais sobre a história, o acervo e horários de atendimento no portal eletrônico http://www.bn.br.

Por Dora

Deixe o seu cometário



- bids2 - ww7