Lançamento: Sofia Coppola promete ação na nova adaptação do conto ‘A Pequena Sereia’!

Lançamento: Sofia Coppola promete  ação na nova adaptação do conto ‘A Pequena Sereia’!

Lançamento: Sofia Coppola promete ação na nova adaptação do conto ‘A Pequena Sereia’!

sereia2

Já imaginou uma “pequena” sereia atirando em todos os seres vivos e marinhos? Pois é. Difícil mesmo.
Bom, talvez não iremos ver uma ação pra lá de sangrenta, mas segundo as últimas fontes do mundo do entretenimento, a famosa diretora Sofia Coppola promete trazer muita ação e aventura as grandes telas do cinema, como nada menos do que a adaptação da famosa história do escritor Hans Christian Andersen, ‘A Pequena Sereia’. Segundo o site Deadline Hollywood, que avança a notícia, “a intenção [do estúdio, a Universal] é andar depressa” com o projeto.

sereia1

A última versão cinematográfica desta clássica história da sereia que se apaixona por um homem e que vê realizado o seu desejo de viver em terra foi em 1989, pela Disney. Na época, a obra rendeu um total de 151 milhões de euros em receitas de bilheterias e se tornou um dos clássicos modernos do estúdio fundado por Walt Disney.  Segundo o Deadline Hollywood, o guião – que já passou por vários autores e processos de reescrita – está nas mãos de Caroline Thompson, a argumentista de Edward Mãos de Tesoura (1990), de Tim Burton.
No entanto, como dito anteriormente, a trama seguirá uma linha mais sombria e não será uma produção exatamente inspirada pela conhecida citação “e viveram felizes para sempre”.
Para aquele que não conhecem a versão original do conto, então ela é a seguinte (para aqueles que não querem acabar com suas lindas memórias da infância, sugerimos não continuar a leitura):
Originalmente escrita por Hans Christian Andersen, o conto “A Pequena Sereia” é muito diferente da adaptação animada da Disney. Nele, a Pequena Sereia não tem nome e é imortal. Ao apaixonar-se por um mortal ela procura a Bruxa do mar para ajudá-la a assumir a forma humana, no processo a sereia abdica da sua imortalidade e da sua voz.
A sereia deveria conquistar o amor do mortal, caso contrário o feitiço quebraria e ela se transformaria em espuma do mar, algo pior do que a morte, porque as sereias não têm alma.
Como a sereia falha, as suas irmãs com pena dela trocam os seus belos cabelos por um punhal com o qual a sereia deve matar o homem que ama para quebrar a maldição. Mas em nome do amor ela abdica da sua existência e joga-se nas águas no mar transformando-se em espuma. Bem o conceito de amor é bastante igual em ambas as histórias, mas na adaptação da Disney Ariel não abdica do seu amor nem da sua vida, luta para o ganhar e acaba por conquistar Eric e ganhar as suas pernas e a sua voz de volta.  Já Christian Andersen dá uma reviravolta na história e mata a Seria no final. A história original é claro que é baseada nas antigas histórias de monstros e seres sobrenaturais, segundo as antigas histórias gregas as Sereias eram belos seres imortais, lindo e com uma bela voz que atraiam os navegadores mais incautos para o fundo do mar com a sua voz hipnótica. Foi a partir desses antigos contos que Andersen se baseou para criar um ser místico, imortal, de voz fantástica e rico em beleza, mas sem uma
alma humana.

Por Yasmin Marie

Editado por ~M

Deixe o seu cometário