Livro ‘A Vida Em Tons de Cinza’ de Ruta Sepetys , conheça a história!

Livro ‘A  Vida Em Tons de Cinza’ de Ruta Sepetys , conheça a história!

Livro ‘A Vida Em Tons de Cinza’ de Ruta Sepetys , conheça a história!

“Uma história de guerra quase nunca contada, mas acima de tudo, uma lição de amor e esperança”.

“Tudo começa no ano de 1941, fotos da família jogadas na lareira, a mamãe costurando suas riquezas no casaco, meu irmão com varias perguntas, e eu sem entender”.

O livro conta a história de Lina Vilkas, uma garotinha de 15 anos, lituana, uma artista, com grandes sonhos de estudar artes. E em uma noite, enquanto ela ainda vestia uma roupa de dormir, foram capturados. Sem saber seu destino, deixou para trás sua vida, seu conforto, sua casa e o seu pai, com 20 minutos para arrumar a mala, colocando tudo o que poderia ser necessário para sobreviver. As ruas da cidade estavam apagados, e Lina não entendia, só sabia que estava em uma lista, mas não sabia o significado da mesma. E ali junto com outras 15 pessoas seguia um destino que ninguém conhecia. Entre flashes do passado, o trem segue, alguns ficam no caminho, novos são colocados ali, e seguem seu destino, onde estão sendo levados para humilhação, doenças e fome.
A família se mostra guerreira, e prestativa, tendo como a mãe de Lina uma grande líder para todos, e uma compaixão com todos, fazendo com que eles se tornem um grupo amigo, mas quando tudo parece terminado, aquele não era seu destino final.
Quando chega na “fazenda”, percebem que a realidade é pior que a perspectiva, e ali muitos acham que é o fim, muitos desistem e se entregam
aos caprichos daqueles guardas. Família Vilkas, experimenta o amargor e a humilhação, e logo descobre que aquilo não é o final.

Confira a sinopse e a capa:

Tons de Cinza

“Lina Vilkas é uma lituana de 15 anos cheia de sonhos. Dotada de um incrível talento artístico, ela se prepara para estudar artes na capital. No
entanto, a noite de 14 de junho de 1941 muda para sempre seus planos. Por toda a região do Báltico, a polícia secreta soviética está invadindo casas e deportando pessoas. Junto com a mãe e o irmão de 10 anos, Lina é jogada num trem, em condições desumanas, e levada para um gulag, na Sibéria. Lá, os deportados sofrem maus-tratos e trabalham arduamente para garantir uma ração ínfima de pão. Nada mais lhes resta, exceto o apoio mútuo e a esperança. E é isso que faz com que Lina insista em sua arte, usando seus desenhos para enviar mensagens codificadas ao pai, preso pelos soviéticos. A vida em tons de cinza conta a história de um povo que perdeu tudo, menos a dignidade, a esperança e o amor. Para construir os personagens de seu romance, Ruta Sepetys foi à Lituânia a fim de ouvir o relato de sobreviventes dos gulags.
Este livro descreve uma parte da história muitas vezes esquecida: O extermínio de um terço dos povos do Báltico durante o reinado de horror de Stalin. Para Estônia, Letônia e Lituânia, essa foi uma guerra feita de crenças. Esses três pequenos países nos ensinaram que a arma mais poderosa que existe é o amor, seja por um amigo, por uma nação, por Deus ou até mesmo pelo inimigo. Somente o amor é capaz de revelar a natureza realmente milagrosa do espírito humano.”

Livro que mostra a força da Família, e o amor ao próximo. E principalmente o pouco do sofrimento dos lituanos, baseados nas histórias dos
sobreviventes, a autora construiu esse livro emocionante, e empolgante a cada página.A história é contada através do ponto de vista da Lina, e conforme a leitura flui, percebe que o povo sofreu horrores, e o amor sempre permanece presente. Ao decorrer da história, a autora consegue demonstrar o crescimento dos personagens, apesar de não perder a essência inicial, o crescimento dos personagens é perceptível.
Livro emocionante, que tirou lágrima dos meus olhos.

 

Sobre a autora:

 

Ruta-Sepetys-007
Ruta Sepetys  nasceu em 19 de novembro de 1967,  é  americana de origem lituana. O seu romance  de estreia ‘A Vida em Tons de Cinza’, fez enorme sucesso, logo se tornando um best- seller segundo o The New York Times.

Assista ao vídeo A vida em tons de cinza

Mais informações sobre o livro: Aqui.

Por Keidma
Edição ~ M

2 Comments

  • Rosália Oliveira outubro 3, 2014 at 7:59 pm

    Esse, sem dúvidas, foi um dos melhores livro que já li! <3

  • Allysson Oliveira dezembro 21, 2015 at 12:17 am

    Não conhecia o livro…

    Para saber mais recomendo “Gulag – Uma História dos Campos de Prisioneiros Soviéticos” de Anne Applebaum.
    E também os 6 volumes de “Os Contos de Kolima” de Varlam Chalamov, a Editora 34 lançou em setembro o primeiro volume por aqui.
    Vale também procurar o “Arquipélago Gulag” de Alexander Soljenítsin.

Deixe o seu cometário