Resenha do livro: “Os Filhos Das Sombras”- Um Deles” de Margareth Petterson Haddix

Resenha do livro: “Os Filhos Das Sombras”- Um Deles” de Margareth Petterson Haddix

Resenha do livro: “Os Filhos Das Sombras”- Um Deles” de Margareth Petterson Haddix

Imaginem um lugar onde a Polícia controla a natalidade, proibindo o nascimento do terceiro filho nas famílias. Estes “filhos” indesejados pelo governo vivem isolados e de forma clandestina, como verdadeiras sombras, escondidos do mundo exterior. O terceiro filho de cada família, deveria ser entregue para o governo para ser exterminado, para controle populacional. A fome extrema, desordem e caos são resolvidos pelo governo com o extermínio, mantendo assim supostamente o crescimento populacional sob controle. Assim vive Lucas, o terceiro filho de sua família, escondido e isolado, nunca frequentou a escola ou conviveu com outras pessoas além de sua mãe, seu pai e seus dois irmãos mais velhos. Nos seus 12 anos de vida, viveu absolutamente à margem da sua cidade, escondido dentro de sua casa, em uma fazenda, quando muito, conseguia ir até o bosque para ver e sentir as árvores. Porém após o início a construção de um condomínio perto de sua casa, a ameaça de denúncia da sua existência era um perigo  iminente, motivo pelo qual se mantinha recluso.
Uma amizade improvável nasce a partir daí. Lucas conhece uma menina que vive nas mesmas condições que ele, uma excluída. Ele a vê na janela de uma casa próxima, em um dia de chuva. A personagem se chama Jen, que nasceu na mesma situação, é uma filha das sombras, alguém que não deveria ter nascido e os dois, com esses detalhes em comum, criam um laço de amizade que muda a história de ambos.
Lucas é um menino muito esperto e inteligente para a sua idade e para quem viveu sempre dentro de casa com pouca convivência com o mundo e a realidade exterior, mas descortina as inseguranças de alguém que deseja ganhar o mundo e ao mesmo tempo, tem medo do desconhecido. As situações que muitas vezes não valorizamos, são parte importante do mundo de quem não pode sair de casa, a sua percepção do mundo é muito diferente de uma pessoa normal, que não restrição à liberdade.
Mas com o passar da história, Jen se revela bem diferente de Lucas. Enquanto ele era conformado com a situação e não tentava mudar, assumindo a postura de sombra em sua casa, Jen se mostra disposta a virar o jogo. Tem desejo de sair, conhecer outros lugares e de não permanecer escondida. E tem muita coragem para isso. Lucas no decorrer dos acontecimentos se envolve a ponto de ter que decidir se embarca nos planos de Jen em uma nova vida ou se continua a viver como um filho das sombras, sempre escondido e sob ameaça. A história destes dois personagens é emocionante, a luta pela liberdade e uma vida fora da clandestinidade, com um final que fará muitos chorarem.
A reflexão por conta do que a nossa realidade nos mostra, com países com crescimento desordenado, onde muitos filhos realmente sequer existem, não sendo registrados oficialmente, em países como China, Índia e países no continente Africano, trazem à tona um questionamento da autora, pois na atualidade existem muitos filhos das sombras, escondidos, excluídos e abandonados à própria sorte.
Só não há tanto aprofundamento no tema, pela simplicidade da escrita e por ser um livro juvenil, o que é uma pena, pois o enredo é bastante interessante.

Confira a sinopse e capa:

os_filhos_das_sombras

“Lucas nunca foi à escola ou a qualquer outro lugar da cidade onde vive. As únicas pessoas que ele conhece são a mãe, o pai e os dois irmãos mais velhos. O motivo? Lucas é um dos filhos das sombras, como são chamados os terceiros filhos, proibidos pela Polícia de Controle da População.
Por doze anos, ele viveu escondido dentro de casa. Em dias de sorte, ia até o bosque sentir o cheiro das árvores. Agora, com a construção de um condomínio de luxo próximo à fazenda de sua família, ele nem pode ir até o jardim. Mas, em uma manhã fria e chuvosa, Lucas avista o rosto de uma menina na janela de uma das novas casas da vizinhança, onde ele sabe que moram duas outras crianças. E, então, finalmente, ele conhece Jen, uma criança igual a ele, alguém que nunca deveria ter nascido.
Mas as semelhanças entre os dois param por aí. Ao contrário dele, a menina tem sede de liberdade e está disposta a arriscar tudo para sair das sombras. De uma hora para outra, Lucas se vê obrigado a tomar a decisão mais importante de sua vida. Será que ele se atreverá a participar dos perigosos planos de Jen? Ou viverá para sempre no anonimato?”

Mais sobre o livro: Aqui.

 

A autora:

had

A autora Margaret Peterson Haddix

Margaret Peterson Haddix é norte americana e nasceu em Ohio. Ela cresceu em uma fazenda no mesmo estado. Formou-se na Universidade de Miami em Oxford, Ohio , com formação em Inglês, jornalismo,escrita criativa e história. Antes de seu primeiro livro ser publicado, ela trabalhou como editora na filial do jornal em Fort Wayne em Indiana, trabalhou como repórter de um jornal em Indianápolis; e como professora universitária da comunidade e escritora freelance em Danville, Illinois.  Haddix já escreveu mais de 30 livros infanto- juvenis. Seus livros têm estado na lista de Best- Seller do New York Times  e American Library Association (ALA), listas anuais de livros.

O livro é indicado para o público infanto juvenil, para quem quer começar no estilo de distopia, é um livro pequeno, de leitura rápida. A capa é bem enigmática e tem tudo a ver com a história. A Editora Fundamento já lançou o segundo livro da série, com título “Os Filhos das Sombras – (Os Suspeitos)”. Recomendo.

Por ~M

Deixe o seu cometário