Autores Respondem: Dan Gemeinhart, autor do livro “A Mais Pura Verdade”!

Autores Respondem: Dan Gemeinhart, autor do livro “A Mais Pura Verdade”!

Autores Respondem: Dan Gemeinhart, autor do livro “A Mais Pura Verdade”!

Fala, leitor! Abrindo com louvor a série de entrevistas com autores nacionais e internacionais, trazemos até você Dan Gemeinhart, o autor do livro “A Mais Pura Verdade”! Nós já havíamos falado do livro aqui, mas se você não conhece a história, essa entrevista será perfeita para que você se interesse pela história. E temos certeza que você vai amar! O livro foi lançado pela Editora Novo Conceito e é a promessa de livro do ano!
Desde já, agradecemos ao Dan por ser tão acessível e simpático. Ele mostrou interesse pela entrevista desde o primeiro contato, mesmo sem conhecer o site e fez questão de responder a todas as perguntas. Por mais autores como você no mundo, Dan! A Equipe LDP deseja muito sucesso na sua caminhada!

LDP: Você trabalha em mais alguma coisa além da escrita?

Dan: Sim! Eu sou um professor de uma escola para 6-12 anos de idade. Eu trabalho na biblioteca, e eu a amo absolutamente. Crianças e livros são duas das minhas coisas favoritas, então ter um trabalho em que eu possa trabalhar com ambos é perfeito.

LDP: Dan, várias crianças leram “The Honest Truth” (A Mais Pura Verdade). Como tem sido o retorno delas? A interação com os fãs, sugestões ou/e reclamações já alteraram os seus planos na hora da escrita?

Dan: Tive a sorte de ter um monte de mensagens maravilhosas, e-mails e cartas de leitores em todo o mundo. Foi realmente incrível. Tem sido ótimo para mim lembrar que livros e histórias realmente importam – eles significam muito para as pessoas e os fazem pensar sobre suas vidas de maneiras diferentes. Tem sido realmente uma honra ter meu livro lido por tantas pessoas. Eu ainda não consigo acreditar.

LDP: Dan, o seu livro foi bem recebido no Brasil. Você esperava por isso?

Dan: Não! Tem sido uma surpresa incrível. Eu nunca sonhei em ter um livro publicado em outro país, e da maneira que os leitores do Brasil adotaram tem sido simplesmente incrível. Eu ainda não consigo acreditar. Eu amo o povo do Brasil!

LDP: Você escreve histórias para crianças e é maravilhoso no que faz. Você pretende passar para outro nicho, no caso, escrever um livro para jovens adultos, por exemplo?

Dan: Por ora, eu planejo ficar com o mesmo nível de idade como “A Mais Pura Verdade”. Meus próximos livros serão definitivamente para a mesma idade, mas eu tenho algumas ideias para romances direcionado ao público  jovem adulto, que espero experimentar nos próximos anos!

LDP: “The Honest Truth” (A Mais Pura Verdade) é um livro tocante e extremamente bonito. Como foi o processo criativo da história?

Dan: Foi uma história muito difícil de escrever. Ela realmente precisou de algumas tentativas antes de eu finalmente descobrir como eu queria contar a história, e eu tive que jogar um monte de que embora antes que eu entendi direito. Valeu a pena, embora; quando eu finalmente o havia terminado, eu estava muito feliz com a forma como ele saiu.

LDP: Você se inspirou em alguém para retratar a história de Mark?

Dan: Eu escrevi este livro em honra de um amigo meu, também chamado Marcos. Ele estava noivo da minha irmã e ele era um grande cara. Assim como o personagem deste livro, ele se interessava bastante por alpinismo. Infelizmente, ele faleceu de câncer. Este livro não é sobre ele, mas está escrito em sua memória e como um tributo a ele.

LDP: Por que você escolheu abordar sobre o câncer? Durante o processo criativo de THT (A Mais Pura Verdade), você teve medo de retratar a doença e, de repente, acabar tendo uma história repetitiva (tendo em vista o sucesso dos últimas obras que falavam sobre o câncer, como foi o caso de “A Culpa é das Estrelas”, de John Green)?

Dan: Eu escolhi o câncer porque eu estava escrevendo-o em honra ao meu amigo que faleceu de câncer, e eu sabia que ia ser difícil. O câncer é horrível, e tocou a vida de tantas pessoas, então eu sabia que tinha que lidar com isso com muito cuidado. Eu não estava muito preocupado em ser repetitivo, porque “A Culpa é das Estrelas” não tinha saído ainda quando eu estava escrevendo. Na verdade, foi realmente um longo processo… Ele me levou vários anos para escrevê-lo, vários anos para encontrar uma editora, em seguida, vários anos para que ele pudesse sair. Assim, parece que deu certo, mesmo durante toda a loucura do lançamento de “A Culpa é das Estrelas”, pois foi realmente escrito antes de tudo isso começar.

LDP: O que podemos esperar dos seus próximos trabalhos?

Dan: Meu próximo livro é chamado “Some Kind of Courage”. Na América, será lançado em janeiro de 2016. Eu não sei se ele vai ser publicado no Brasil, mas eu espero que sim! É situado no noroeste dos EUA no ano de 1890, quando os pioneiros e colonos chegaram a oeste de construir uma nova vida na fronteira. É sobre um menino que é órfão, e que tem de ir em uma viagem perigosa para recuperar o seu cavalo, depois de ser roubado. Eu acho que os leitores que gostaram de “A Mais Pura Verdade”, irão gostar desse livro também porque, em muitos aspectos, é o mesmo tipo de história: uma história de aventura, mas com alguma coisa séria e triste também.

LDP: A música contribui no seu processo criativo ou não? Ela está sempre presente no seu momento da escrita? Se sim, acha que ela te influencia em algo nesses momentos?

Dan: Eu amo a música e ouço o tempo todo! Às vezes eu ouço música enquanto estou escrevendo, às vezes não. Depende d como eu estou. Eu não posso ouvir música com letra, quando estou escrevendo, caso contrário, as palavras ficam na minha cabeça e me distraem; a música tem que ser instrumental, se eu estou escrevendo.

LDP: Existe a possibilidade de uma vinda ao Brasil?

Dan: Eu adoraria ir ao Brasil! Eu não tenho quaisquer planos ainda, mas eu absolutamente o adoro. Eu trabalho como professor de setembro a junho. Talvez no próximo verão?!

LDP: Você tem contato com os fãs brasileiros? Se sim, como tem sido?

Dan: Sim, tantos maravilhosos leitores brasileiros entraram em contato comigo através do Twitter, Facebook, Instagram e meu website. Todos eles são tão incríveis, e eu totalmente adoro ouvir de cada um. Do que eu posso dizer? Os brasileiros são as pessoas mais bonitas do mundo!

LDP: Existe a possibilidade de “The Honest Truth” (A Mais Pura Verdade), virar filme?

Dan: Isso seria incrível! Tem havido algum interesse por parte de algumas empresas de cinema, e ainda estamos trabalhando nisso. Esse tipo de coisa é tratada pelo meu agente, então eu não sei muito sobre isso. Seria maravilhoso ver o meu livro adaptado, mas eu ainda acho que é bastante improvável. Mas… é uma ideia muito divertida!”

Conheça a sinopse e capa do livro:

BrzWv94

“Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha. Mas, em certo sentido um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças.Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram. Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier. Nem que seja a última coisa que ele faça.  A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.”

Conheça a opinião da Leitora da Depressão sobre o livro ‘A Mais Pura Verdade’. Recomendamos o livro, é muito bom!

Por: A. Assumpção e Matheus Lisboa
Contribuição (tradução) Daniel Villar
Edição A.Assumpção e ~M

Deixe o seu cometário