“AS LETRAS DO AMOR” – Confira a história do livro Young adult de Paula Ottoni!

“AS LETRAS DO AMOR” – Confira a história do livro Young adult de Paula Ottoni!

“AS LETRAS DO AMOR” – Confira a história do livro Young adult de Paula Ottoni!

As Letras do Amor conta a história de Bianca, jovem que vive os conflitos da juventude moderna ao entrar na “vida adulta”. Infeliz com a faculdade que escolheu (e trancou), Bianca tem dúvidas sobre o que vai fazer na vida. Reside com os pais, que estão quase se separando e com os irmãos pequenos, que adoram uma bagunça. As percepções e as responsabilidades a desanimam. Miguel, seu namorado, decide viajar para Roma para abrir uma filial da empresa do pai e Bianca vê nisso uma oportunidade de mudar o rumo de sua vida. Ambos ficarão hospedados na casa de Enzo, melhor amigo de Miguel, que reside na Itália.
Assim, mesmo com a inicial discordância de seus pais, Bianca decide acompanhar Miguel com a finalidade de estudar a língua e arrumar um emprego durante os seis meses fora do Brasil, para decidir o que fazer no futuro.
Em Roma, Bianca passa por algumas dificuldades: o namorado, sempre ocupado, fica cada vez mais distante; ela não consegue se manter nos empregos que arruma e a proximidade com Enzo a deixa cada vez mais confusa com relação aos seus sentimentos. A partir daí muitas coisas acontecem.
O maior atrativo da história é, sem dúvidas, a ambientação: a autora te leva a uma viagem encantadora pelos pontos turísticos da Itália e pela sua cultura. A narrativa descritiva não deixa a desejar, o que é esperado vindo da autora que tem cidadania italiana e já residiu no país.
Além disso, a trilha sonora do romance é envolvente e aproxima o leitor à vida de Bianca.

 

A Capa e  sinopse:

letra1

“Bianca acabou de largar um curso de graduação de que não gostava, seus pais vão se divorciar e seus irmãos pequenos estão cada dia mais barulhentos. A oportunidade perfeita de escapar surge quando seu namorado, Miguel, resolve ir a Roma abrir uma empresa para o pai. Bianca decide que aprender italiano, arrumar um trabalho temporário e ajudar Miguel em seu negócio será um bom começo. O que parecia um sonho, porém, torna-se uma incerteza ainda maior quando Miguel fica sempre fora de casa, os empregos de Bianca não duram mais que uma semana, e, cada dia mais próxima de Enzo – o melhor amigo de Miguel, com quem moram –, ela começa a questionar seus sentimentos. Perdida em conflitos amorosos e angustiada por não saber o que será de sua vida ao fim daqueles seis meses, Bianca passa por uma série de situações de crescimento pessoal que vão testá-la e ajudá-la a descobrir o que fazer com o futuro, que vem chegando depressa demais. “

A autora:

letra2

Paula Ottoni nasceu em 1992, e é formada em Design pela Universidade de Brasília (UnB). Assim como Bianca, a protagonista de “As Letras do Amor”, também é cidadã italiana. Paula ama viajar e já morou na Itália, nos Estados Unidos e na Dinamarca. Veneza é seu lugar favorito no mundo. Leitora voraz, começou a escrever cedo. Aos treze anos terminou seu primeiro livro (nunca lido ou publicado) e reescrevê-lo está em seus planos. Em junho de 2010 teve um de seus contos (“Projeto do Amor”) publicado na revista Capricho e lido por Meg Cabot, por vencer um concurso de ficção promovido pela revista. Em 2011 e 2012 lançou dois livros independentes: “Uma Princesa em Meu Lugar” e “A Destinada”. Além de escrever, Paula também adora desenhar.

Nota da Colaboradora:

Em minha opinião, o ponto central da história não está no triângulo amoroso, como o livro tenta direcionar, mas sim na protagonista, pois todos os conflitos estão ligados a ela. A personagem Bianca faz o leitor jovem se identificar com essas incertezas que lhe afligem nesse momento da vida: a escolha da profissão que “precisa te dar uma segurança e ao mesmo tempo te deixar feliz no futuro”; o valor de uma amizade; fidelidade; o que esperar num relacionamento amoroso; o momento de “se desprender da família e andar com as próprias pernas”, etc. Assim, o cerne do romance aponta para essa fase de amadurecimento de Bianca, com o autoconhecimento e tomada de decisões.

Por Doralice Santana

Deixe o seu cometário